maxresdefault

O que é perfeição e porque ela nunca será alcançada

A palavra perfeição significa “aquilo que não tem defeitos”.

Mas o que são defeitos senão qualidades relativizadas como ruins por algumas pessoas, de acordo com seus próprios padrões? Pessoas diferentes nunca terão para si o mesmo conceito de perfeição. Isso por si só já torna o conceito de perfeição ilógico, pois se algo é perfeito para uns e não para outros, não pode ser perfeito em absoluto!

Aliás, não é possível nem mesmo chegar à perfeição relativa, pois a partir do momento em que pensamos tê-la atingido, nosso conceito de perfeição muda, e portanto começa uma nova busca. Ou seja, podemos até atingir uma perfeição relativa, mas não podemos permanecer nela por muito tempo.

Chegamos então ao ponto. A ideia de perfeição remete a um conceito estático e final, mas o mundo é completamente dinâmico e mutável. Portanto, concorda comigo que é ilógico tentar aplicar um conceito estático e final a um fenômeno cuja natureza é dinâmica e imprevisível?

Todos os dias pessoas nascem, morrem, erram, acertam, tentam de novo, pedem desculpas, se encontram, se perdem, se apaixonam, se separam, brigam, fazem as pazes, sofrem, se alegram… poderia ser de outra forma?

Percebe agora porque a perfeição nunca será alcançada? Simplesmente porque não existe nada a ser alcançado. Tudo já é perfeito dentro da sua própria imperfeição, do aparente caos permeado pela invisível teia de sincronia divina.

Olhando para este universo de sons, vibração e formas, vemos que tudo acontece dentro da mais perfeita harmonia. Perfeição na ação é, portanto, saber que não há nada a fazer, apenas ser.

Om namaste.


(imagem: reprodução)

soteropolitana, estudante de vedanta, formada em design gráfico, criadora, autora e ilustradora do respire e seus yoginhos. acredita que ser feliz é coisa simples e que yoga é para todos.

Comentários pelo facebook

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>