Handstand-Splits MENOR

Saiba se você está realmente praticando yoga

Duas vezes por semana você aparece no estúdio, estende seu tapetinho e começa sua prática. Ou então, pratica todos os dias em casa e se sente muito bem. Mas será que nestes momentos você está mesmo praticando yoga?

Será que ao respirar e executar as posturas em cima do yogamat você está assumindo uma postura yogica, ou só está fazendo ginástica?

Para um yogi, tudo é yoga, e é aí que está a diferença. Um yogi pratica yoga 24h por dia.

Hatha yoga (e todas as suas variações) é sim uma ginástica, pois a disciplina do yoga trata o indivíduo como um todo, e uma parte importante deste todo é o corpo em que habitamos. Se não fosse importante, ele não existiria!

Mas essa parte física vem com toda uma aura que precisa permear todas as nossas outras camadas, caso contrário, não faz sentido.

Mas calma, você não precisa conhecer a fundo os vedas nem ter decorado os yoga sutras para ser um yogi. A parte boa é que a atitude yogica pode ser aprendida e praticada muito facilmente por qualquer pessoa.

Então dá uma olhada nos itens abaixo e descubra se o que você está fazendo é mesmo yoga.


você coloca objetivos e metas nas posturas
Esse é um erro muito comum: pensar que as posturas têm uma forma final ou ideal. Isso não faz sentido, pois mesmo as pessoas mais experientes têm para onde evoluir nas suas práticas. É preciso buscar não a forma externa, mas a versão mais alinhada e equilibrada de uma postura no seu corpo. A postura é só uma ideia, o seu corpo é que é a realidade!

Se você não está em paz com a forma das suas posturas hoje, sinto lhe dizer mas não está praticando yoga, e sim uma ginástica onde o que importa é quem está vendo. Yoga é estar vivendo o presente de forma consciente e com santosha, contentamento.

 


você se compara com os outros alunos/pessoas
Esse é um desdobramento muito comum do item anterior. A nossa cultura é extremamente competitiva e centrada no “eu”, e não é raro se pegar se comparando, ou até mesmo se regozijando com o fato de estar em uma postura de forma mais “avançada” do que os colegas do lado. Tem tantas coisas erradas nessa frase que eu nem sei por onde começar! 😛

Então fica a dica: se você costuma se comparar com os outros alunos durante a aula (ou fora dela, exemplo: “eu sou vegetariano, então sou melhor e mais puro que fulano”), desculpe mas não pratica yoga. Praticar yoga é estar constantemente em uma atitude de swadhyaya, ou estudo de si mesmo, e não dos outros.


você se lesiona durante a prática
Lesão durante a prática de yoga só pode acontecer por dois motivos: ou seu professor está exigindo de você mais do que você pode dar (nesse caso, troque de professor!), ou você está tentando dar mais do que pode. Nesse último caso, vale a reflexão: porque eu quero fazer mais do que o meu corpo permite neste momento? O que eu estou querendo provar e para quem?

A primeira diretriz moral e ética do yoga é ahimsa, ou não-violência. Se lesionar durante as posturas é violência contra si mesmo, portanto nada yogico.


você está lendo esse post e se julgando, ou julgando pessoas que conhece e que fazem tudo isso

Acho que essa é a maior pegadinha de todas! Muitas vezes nós fazemos as coisas da forma mais correta, e por isso mesmo caímos na armadilha do ego de achar que somos superiores, muitas vezes sentindo pena das outras pessoas que ainda não estão neste lugar e que cometem erros.

Ou então, nos vemos fazendo essas coisas e sentimos culpa e vergonha, quando na verdade o objetivo não é esse.

Todos somos humanos e cometemos erros o tempo todo, consciente ou não.

Ser um yogi é ter compaixão com os outros e principalmente consigo mesmo. É saber que todo mundo comete erros e que sempre é tempo de fazer a coisa certa. :)

Quer saber um pouco mais sobre os princípios morais e éticos do yoga? Dá uma lida aqui e aqui. Observe como esses princípios podem se encaixar na sua vida, e consequentemente na sua prática. Só assim, encontrando esse denominador comum, é possível ter certeza de que se está realmente praticando yoga, dentro e fora do tapetinho. 😉

Namastê!

——————-

– Quer se aprofundar um pouquinho mais na sua prática? Conheça o meu Curso Livre de Meditação Raja Yoga.
– Uma vez por mês também rola comigo um grupo de estudo sobre os Yoga Sutras de Patanjali. Entre em contato para saber mais! 😉

soteropolitana, estudante de vedanta, formada em design gráfico, criadora, autora e ilustradora do respire e seus yoginhos. acredita que ser feliz é coisa simples e que yoga é para todos.

Comentários pelo facebook

Comentários

2 comentários sobre “Saiba se você está realmente praticando yoga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>