Faça seu próprio desodorante caseiro

Fiquei feliz de ter encontrado uma receita caseira para fazer desodorante que funciona que é uma maravilha. Ou seja, preciso compartilhar!

0
251
Faça seu próprio desodorante caseiro

Continuando a série de “como se cuidar de forma natural e gastando quase nada” (veja outra dica aqui), segue abaixo uma receita muito boa de desodorante caseiro que eu achei por aí um dia navegando pela internet depois de muito pesquisar sobre o assunto.

Como eu já falei, tenho mil motivos para não querer usar produtos industrializados, ainda mais em se tratando de algo que bloqueia o meu suor e contem metais pesados. Enfim, fiquei feliz de ter encontrado uma receita caseira que funciona que é uma maravilha. Ou seja, preciso compartilhar!

E porque e deveria parar de usar desodorante antitranspirante? 

Precisa de motivos? Vamos lá:

Antitranspirante

Você já parou pra pensar na loucura que é impedir seu corpo de transpirar? A transpiração é um processo de limpeza e resfriamento do corpo. Se precisamos transpirar e não transpiramos, além de estarmos desregulando nossos processos de ajuste de temperatura corpotal, estamos mandando a sujeira e as toxinas que precisam sair de volta pra o nosso sistema. Preciso falar mais?

Alumínio 

O alumínio é um componente básico da maioria dos desodorantes com função antitranspirante. Quando o elemento entra em contato com o corpo através do ar ou da comida, não apresenta muitos riscos à saúde, pois os órgãos conseguem eliminar a maior parte dele, mas aplicado sobre a pele pode ser altamente tóxico a longo prazo. Você sabia que a exposição prolongada ao alumínio aumenta em muito a probabilidade de desenvolver Alzheimer?

Pois é, sem mais. Por essas e outras, parei de usar.

Se você pesquisar verá que existem várias receitas de alternativas caseiras, boas e baratas. Eu escolhi essa pela praticidade e rendimento.

Você vai precisa de:

  • Bicarbonato de sódio – é o agente que vai neutralizar os odores, mas não vai impedir o suor.
  • Maisena – serve para dar consistência à mistura.
  • Óleo vegetal – fornece a superfície para os dois ingredientes anteriores se misturarem. Eu usei de gergelim, mas pode ser de oliva, coco, amêndoas…
  • Óleo essencial de sua preferência – opcional, para dar cheirinho ou acrescentar propriedades.
  • Um potinho – para guardar.

Como fazer o desodorante caseiro:

1. Em uma tigela ou já no próprio potinho, misture o bicarbonato com a maisena em partes iguais. A quantidade depende do quanto você quer fazer e do tamanho do potinho.

2. Vá acrescentando o óleo escolhido – em quantidade suficiente apenas para deixar a mistura consistente – e misturando. Cuidado para não exagerar, portanto vá colocando aos poucos. Se você colocar muito óleo seu desodorante vai ficar mais líquido, o que não é ruim, é só uma questão de preferência.

3. Pingue uma ou duas gotas do óleo essencial escolhido e misture, caso queira adicionar algum cheiro ou propriedade ao seu desodorante. Eu usei óleo de Tea Tree, por causa das suas propriedades anti fúngicas, anti bacterianas, cicatrizantes etc.

4. E fim! O resultado é uma pasta com textura levemente arenosa, por causa do bicarbonato, e ligeiramente oleosa.

E já pode usar desde aí. Em 24h aproximadamente a mistura vai estar mais consistente. Pode guardar no banheiro ou na geladeira. Eu deixo no banheiro.

A vantagem dessa receita é que como ela tem base em óleo, não sai fácil com água nem suor. E vá por mim, eu já estou usando há uma semana e o negócio é bom mesmo. Em alguns dias eu suei bastante e nada do famigerado “cecê”. 🙂

Existem mil outras receitas por aí, quase todas envolvendo bicarbonato de sódio. Algumas mais simples, outras mais complexas. Essa foi a que eu escolhi pra mim. Se não servir pra você, com certeza vai ter outra que dê conta. 

————-

ATUALIZADO

Adicione à mistura pronta um pouco de água e misture mais um pouco. Isso vai facilitar o manuseio, tornando-a muito melhor para aplicar! 🙂

————-

ATUALIZADO 2

Você sabia que o limão é um excelente desodorante natural? Isso mesmo, limão puro! Basta passar um pouco do sumo nas axilas e pronto: estará livre de “cecê” pelo dia todo, mesmo que sue bastante! Por ser ácido, ele ajuda a inibir a ação de fungos e bactérias que causam mau cheiro.
Com certeza esse é o método mais natural e barato de todos.  Mas cuidado: não tome sol na área logo depois de passar o limão, ou pode sofrer queimaduras e manchas.

Deixe uma resposta